Arquivo | janeiro, 2014

Muita calma nessa hora 2!!!

31 jan

Enquanto não sou rica aproveito a minha licença maternidade e as promoções que os queridos shoppings fazem e vou de graça no Cinematerna!!!

As meninas já comentaram do Cinematerna!!! E hoje venho comentar do filme que assisti ontem, Muita Calma nessa hora 2! Eu assisti o 1 na quarta um dia antes de ver o 2 e simplesmente adorei!!!

O filme conta sobre 3 amigas que viajam para Búzios para passar a suposta lua de mel de uma delas que descobriu uma traição e no caminho dão carona para uma hippie. Já no segundo filme se passa 3 anos depois, sendo agora 4 amigas, o filme todo conta sobre um festival que a Mari esta organizando. Bem divertido e com um senso de humor ótimo!!!!

Vale super a pena assistir!!! Segue o trailler para quem quiser saber mais sobre o filme.

http://m.youtube.com/watch?v=UN3zWgm0dNs

Bjos e bom final de semana

Quando nasce um bebê, pipocam palpiteiros

29 jan

Enquanto não sou rica e não faço terapia, venho desabafar aqui no blog.

Você já deve ter lido ou ouvido falar aquela célebre frase “Quando nasce um bebê, nasce uma mãe.” Não há verdade maior. A chegada de um filho transforma a mulher por completo e mesmo a mais inexperiente das criaturas (presente!) em poucos dias conhecerá sua cria como ninguém.

O problema é que as outras pessoas não se dão conta disso. Tratam a recém-mãe como uma incapaz. Do alto da sabedoria dos seus 1, 2, 5 ou 10 filhos criados, as pessoas saem por aí despejando seus conselhos, muitas vezes trazendo confusão e insegurança à nova mãe, minando sua autoconfiança e atrapalhando a formação do vínculo mãe-bebê, tão importante para o desenvolvimento de ambos (sim, assim como bebês, mães também se desenvolvem, se transformam e evoluem).

Até as referências feitas a essas mães são pejorativas. Ouvi esses dias em tom jocoso um ser humano dizer, com orgulho, que tinha dado à sua sobrinha de seis meses (S-E-I-S-M-E-S-E-S), escondido da mãe, gelatina e biscoito. E completou dizendo que “Ela é mãe de primeira viagem, cheia de frescura, no próximo ela aprende!”. Aprende o que, cara pálida? Que dar alimentos industrializados, cheio de sódio, aditivos químicos, corantes, gordura etc a um bebê de seis meses é melhor do que a amamentação exclusiva e introdução alimentar consciente? Pois eu espero não aprender nunca!

Tá certo que esse foi um exemplo extremo. Normalmente, as intromissões são sutis, cheias de boas intenções (ou não) mas nem por isso menos prejudiciais ou desagradáveis. Antes de emitir a sua opinião, reflita se ela é necessária e, mais importante, bem-vinda. É claro que você quer participar da vida do bebê – e quanto mais próximos somos da mamãe, mais à vontade nos sentimos para pitacar – mas há que se ter parcimônia. E é claro que eu também já dei e vivo dando muito palpite por aí, mas estou me policiando para frear esses impulsos e emitir minha opinião apenas se solicitada. Não é fácil, mas é necessário.

O que funcionou para você e para o seu bebê pode não ser o melhor para a sua amiga e o bebê dela. O que funcionou 30 anos atrás com os seus filhos pode não ser o mais adequado hoje em dia. Lembre-se que cada bebê é único, cada mãe é única e cada dupla mamãe-bebê é absolutamente única.

E se você é uma recém-mãe que vive sofrendo com as intromissões alheias, que tal providenciar um babador como esse abaixo? Quem sabe se a mensagem estiver estampada no bebê o pessoal entende o recado? Não é muito simpático, mas às vezes é necessário… rs 😉

Imagem

Carnaval para bebês e crianças: bloco Ninguém Dorme!

27 jan

Enquanto não sou rica e não tenho dinheiro pra contratar uma bateria de escola de samba pra animar meu carnaval, venho aqui compartilhar uma ideia com vocês!

Num grupo de mães que participo surgiu a ideia de promovermos um bloco de carnaval voltado para famílias com bebês e crianças. E assim surgiu o bloco Ninguém Dorme!

158749721

Já temos pessoas dispostas a levar e tocar alguns instrumentos pra conduzir a folia, mas quando o assunto é festa e carnaval, quanto mais, melhor!

Então se você também gosta de carnaval e quer participar de um bloco família, com uma proposta diferente, junte-se a nós!

Tudo está sendo organizado neste grupo no Facebook, que está aberto a qualquer pessoa que queira colaborar na organização ou só pra fazer folia no dia!

O martelo ainda não foi batido, mas a princípio a concentração será dia 22/02 no parque Villa Lobos, às 15hs, e a festa irá começar com um piquenique e depois sair em cortejo pela região.

Estão liberadas as fantasias, confetes e serpentinas! Bora foliar?

Beijos e boa semana pra vocês!

%d blogueiros gostam disto: