Arquivo | abril, 2014

Publicidade Dirigida a Crianças

9 abr

Enquanto não sou rica esperamos arduamente o veto a publicidade dirigida a crianças podendo exercer uma influência na personalidade dos nossos pequenos.

No dia 13 de março saiu no Diário Oficial da União a consideração abusiva a publicidade dirigida a crianças. “A prática do direcionamento de publicidade e comunicação mercadológica à crianças com intenção de persuadi-la para o consumo de qualquer produto ou serviço” é abusiva e, portanto, ilegal segundo o Código de Defesa do Consumidor.

A publicidade mostra sua face mais cruel quando se pensa nas crianças e adolescentes que não podem ter, efetivamente, acesso às mercadorias anunciadas. A publicidade diz às crianças e adolescentes que elas precisam consumir para se impor socialmente.

Os danos causados ao desenvolvimento infantil são aguçados para meninos e meninas em situação permanente de vulnerabilidade, pela privação de acesso aos objetos desejados.

A resolução lista os seguintes aspectos que caracterizam a abusividade:

–       linguagem infantil, efeitos especiais e excessos de cores;

–       trilhas sonoras de músicas infantis ou cantadas por vozes de criança;

–       representação de criança;

–       pessoas ou celebridades com apelo ao público infantil;

–       personagens ou apresentadores infantis;

–       desenho animado ou de animação;

–       bonecos ou similares;

–       promoção com distribuição de prêmios ou de brindes colecionáveis ou com apelos ao público infantil;

–       promoção com competições ou jogos com apelo ao público infantil.

Foi um ganho muito importante para a formação de nossas crianças. Assim poderemos criar seres humanos sem a influência de uma publicidade e a influência do consumismo.

Bom para refletir os nossos atos com os nossos filhos.

Beijos e boa semana.

Talita

 

Anúncios

Muffins de coco sem leite, sem trigo e sem ovo

7 abr

Enquanto não sou rica e não tenho um chef de cozinha para me ajudar a variar o cardápio aqui em casa, vou adaptando receitas para sair da mesmice.

Como contei nesse post, estou fazendo uma dieta bem restrita em razão da alergia alimentar do Lucas, que mama exclusivamente no peito.

Sem poder comer fora de casa, nem ingerir qualquer coisa que contenha leite, ovo, trigo, peixe, crustáceos, amendoim, oleaginosas ou soja, a alimentação foi ficando bastante monótona. Fui então atrás de receitas que pudessem variar o cardápio e, especificamente, matar a vontade de comer uma guloseima.

Eu não sou nada habilidosa na cozinha, então garanto que esse é um bolo hiperfácil de fazer. Não tem erro!

Muffins de coco sem leite, sem ovo e sem trigo

Ingredientes:
14 colheres de sopa de farinha de arroz
5 colheres de sopa de açúcar refinado
8 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 colher de sopa de óleo vegetal
200mL de leite de coco
3 colheres de sopa de coco ralado (opcional)
1 pitada de canela (opcional)
1 colher de sopa de fermento

Modo de fazer:

Coloque todos os ingredientes, exceto o fermento, numa tigela grande bata até a massa ficar uniforme (obs: não precisa de batedeira nem liquidificador, essa massa é super fácil de bater à mão, mas eu queria inaugurar a minha KitchenAid nova 😉 )

image

Acrescente o fermento, misture bem para incorporar o fermento à massa.

image

Despeje em forminhas de cupcake (essas de silicone são incríveis: não grudam, não desperdiçam nada da massa e são super fáceis de lavar)

image

Leve ao forno pré aquecido a 180°C por 15 minutos ou até formar uma casquinha crocante e dourada. Faça o teste do palito antes de tirar os bolinhos do forno.

image

Pronto! Muffins veganos e hipoalergenicos saborosíssimos para um chá da tarde ou piquenique no parque ♥

image

image

%d blogueiros gostam disto: